Parido Comunista Português

Cinema

Filtrar

  • Sexta-feiraSex.
  • SábadoSáb.
  • DomingoDom.

O Cinema assume-se cada vez mais como uma presença incontornável na Festa do Avante!, mostrando o que de melhor se faz em Portugal nas áreas da ficção e do documentário, em longas e curtas-metragens. A programação para os mais pequenos tem um lugar de destaque, com a exibição de filmes de animação. A presença dos realizadores em conversa com o público proporciona momentos de interessante debate. O Cineavante saiu de portas e transformou-se num belo espaço de cinema ao ar livre, junto ao lago.

Na edição deste ano, o CineAvante marca o arranque da sua programação com a curta-metragem O Jovem Cunhal (2022), realizado por João Botelho e produzido pela Ar de Filmes. Um filme evocativo da memória de Álvaro Cunhal. A exibição de O Jovem Cunhal será precedida de apresentação pelo próprio realizador João Botelho.

A programação de sábado divide-se em duas sessões: uma primeira dedicada ao universo da curta-metragem com três filmes e a segunda com a ante-estreia de uma longa-metragem.

Em todos os quatro filmes das duas sessões de Sábado, somos confrontados com um lugar onde a experiência do tempo presente se traduz num confronto constante com um mundo colossalmente diferente àquele que a memória permite recordar, condenando ao isolamento social e emocional de toda a gente que por lá fica. Ambas as sessões serão antecedidas por apresentação dos filmes pelos seus respectivos realizadores, acompanhados por outros convidados especiais. A primeira sessão desdobra-se entre os três filmes: O Que Resta (2021), realizado por Daniel Soares e produzido pela Kid With a Bike Films; As Sacrificadas (2022), realizado por Aurélie Oliveira Pernet e co-produzido pelas GoldenEggProduction e Primeira Idade; O Homem do Lixo (2022), realizado por Laura Gonçalves e produzido pela Bando à Parte.

Na segunda sessão, o CineAvante tem o prazer de apresentar a ante-estreia da longa-metragem Territórios Ocupados (2022), um documentário realizado por José Vieira e produzido pela Kintop.

O CineAvante encerra a programação com uma sessão de dois filmes: Mistida (2022), uma curta-metragem de ficção realizada por Falcão Nhaga e produzida pela  ESTC – Escola Superior de Teatro e Cinema; Alcindo (2021), uma longa-metragem documental realizada por Miguel Dores, produzido pela Maus da Fita . A sessão será apresentada pelos realizadores e convidados.


Por último, o CineAvante apresenta também uma programação pensada para o público infanto-juvenil. Em colaboração com a MONSTRA | Festival de Animação de Lisboa, o  CineAvante acolherá duas sessões da sua secção Monstrinha: a primeira, “Sessão Monstrinha 1”, com seis filmes de diferentes países, Portugal, França, Alemanha e Noruega; a segunda, “Sessão Monstrinha 2”, com sete filmes de diferentes países, Rússia, Ucrânia, Reino Unido, Suíça e Eslovénia.

 

Partilha