Criar condições para derrotar a política de direita

Momento de afirmação de todas as lutas

A Cidade da Juventude mantém-se no mesmo local, ao lado do Palco 25 de Abril, e continua a proporcionar momentos únicos e inesquecíveis. Este ano a novidade é mesmo a exposição política, que vai ter um formato diferente.

«A JCP procura sempre que a Festa seja um momento de afirmação de todas as lutas que se fazem ao longo do ano, mas também dar confiança às lutas que temos que travar no futuro», afirmou Duarte Alves, do Secretariado da Direcção Nacional da JCP.

Neste sentido, um dos temas centrais é «a luta da juventude», que se tem desenvolvido desde a última Festa do Avante!. No espaço serão ainda assinalados os 35 anos da JCP, assim como os 40 anos da Revolução dos Cravos, «afirmando os valores de Abril e denunciando todos os ataques que têm sido feitos ao longo dos últimos anos».
«Ainda agora ouvimos falar de mais um corte, anunciado pelo Governo em tempo de férias, no orçamento para o Ensino Superior. Achamos que a Festa, que reúne tantos jovens, de todo o País, é um espaço importante para dar conta das nossas propostas, da nossa intervenção, para que, com a luta, seja possível derrotar esta política de direita», referiu o jovem comunista, acrescentando: «Se, com a luta, foi possível derrubar o fascismo, um inimigo tão forte, também hoje temos condições para derrotar esta política que só traz problemas à juventude».

Em destaque estarão ainda as conclusões retiradas do 10.º Congresso da JCP, que se realizou nos dias 5 e 6 de Abril, em Lisboa. Nesse sentido, foi editado, especialmente para a Festa, o Livro do Congresso, onde poderão ser consultadas todas as intervenções nele proferidas. O livro vai estar à venda na Banca da JCP, juntamente com outros materiais.

Ali terão ainda lugar, no Espaço Multiusos, dois debates: «Desemprego, precariedade, emigração e abandono escolar. Não tem que ser assim!», no sábado, e «40 anos do 25 de Abril. Valeu, vale e valerá sempre a pena lutar», no domingo. No segundo dia da Festa, avançou Duarte Alves, «vamos desmontar a propaganda, feita pelo Governo e pelos órgãos de comunicação social, de que as coisas têm que ser assim como são e contrariar, através do esclarecimento, esta ofensiva dirigida à juventude». No domingo «a ideia é, partindo da experiência do 25 de Abril e das suas conquistas, falar de todos as lutas e das vitórias alcançadas, nas escolas, nas universidades e nos locais de trabalho». «Cada vez mais jovens estão de acordo connosco no diagnóstico, na identificação dos problemas, de que este Governo não representa os interesses do País. O que é preciso é trazer todo esse descontentamento, não para o lado da resignação e do conformismo, mas para o lado da luta», acentuou.

Palco Novos Valores
Música solidária

No Palco Novos Valores são apresentados os vencedores do Concurso de Bandas que todos os anos é organizado pela JCP, contando com a presença de centenas de músicos e de milhares de jovens, vindos de todo o País, que ao longo do Verão e em várias eliminatórias, constroem o maior concurso de bandas nacional. «Realizaram-se 31 eliminatórias, num total de 93 bandas a concorrer, o que dá uma média de 400 jovens músicos a tocar no concurso de bandas promovido pela JCP», contabilizou Gonçalo Costa, de Vila Franca de Xira.

Aqui, os jovens artistas têm uma oportunidade para mostrar o seu trabalho, o que lhes é negado pela política de desinvestimento na Cultura que tem sido seguida pelos sucessivos governos PS, PSD e CDS. «A Festa do Avante! é a maior do País e não há nenhum jovem músico que não gostasse de aqui tocar», valorizou, lembrando que «as eliminatórias são também uma forma de as bandas mostrarem o seu trabalho, uma situação cada vez mais difícil dado o desinvestimento que está a acontecer na área da Cultura».

O jovem comunista deu ainda a conhecer que, independentemente dos resultados nas eliminatórias, «a malta sente-se, acima de tudo, feliz por participar e tocar». «Para um jovem músico, tocar para uma centena de pessoas, num palco, com todas as condições, é uma sensação espectacular. Estamos a falar de pessoas que estão a dar os seus primeiros passos neste mundo, e a JCP dá-lhes a oportunidade de mostrarem o seu trabalho», sublinhou.

Para além das bandas finalistas apuradas no Concurso, o Palco Novos Valores apresenta ainda três bandas convidadas: «Viralata», «Skills & The Bunny Crew» e «Black Bombain».

Ao Avante!, Gonçalo Costa revelou ainda que, face ao massacre e autêntico genocídio que se está a cometer contra o povo palestiniano, a JCP vai pedir a todas as bandas, desta e de outras edições, assim como a outras formações, que assinem um apelo de solidariedade com a Palestina, que mais tarde será dirigido aos jovens daquele país.

«Conseguimos fazer coisas muito bonitas»

Quem visita a Festa do Avante! não pode deixar de passar pela Cidade da Juventude e ver, com os seus próprios olhos, o ambiente alegre e combativo criado pelos milhares de jovens que a constroem e a fazem funcionar.
«A Festa, e também a Cidade da Juventude, mostra a força que os jovens têm. No meu caso, ninguém diria, há uns anos, antes de entrar na JCP, que era capaz de, com a ajuda dos outros camaradas e amigos, montar uma estrutura como esta. Através do trabalho colectivo conseguimos fazer coisas muito bonitas e espectaculares», disse Miguel Mestre.

Gonçalo Costa, por seu lado, referiu que a Festa do Avante! é «a verdadeira Festa da juventude, do povo e de Abril» e que «toda a gente que aqui vem sai deslumbrada». «A verdade é que nós, comunistas, temos alegria de viver e de lutar, e, também nestes três dias, conseguimos transmitir isso muito bem», disse orgulhoso.

A terminar, Duarte Alves informou que a JCP volta a organizar o «Comboio da Festa», com partida, no dia 5 de Setembro, de Braga e passagem por Famalicão, Nine, Porto, Gaia, Ovar, Aveiro, Coimbra-B, Pombal, Santarém e Entroncamento. Além dos distritos abrangidos pelo Comboio, a JCP está a organizar, por todo o país, autocarros para mais facilmente e com menos custos chegar à Festa.

Por último deixou um apelo: «Venham só uma vez, depois vão querer voltar sempre. Esta Festa é única.»

Notícia jornal «Avante!», Nº 2125 de 21 de Agosto de 2014

Festa do Avante!

Quinta da Atalaia, Av Baía do Seixal

2845-415 Amora-Seixal

E-mail: geral@festadoavante.pcp.pt

Tel: 212224000 | Fax: 212272516