No «coração» da Festa do Avante!

Homenagem ao cinema

Ficção, documentário, animação: tudo isto, e muito mais, poderá encontrar-se no CineAvante!, bem no «coração» do Espaço Central, onde o visitante da Festa pode ver o que de melhor e mais actual se faz no cinema português e estrangeiro, assim como falar com realizadores, actores e outros participantes, num ambiente de liberdade crítica e de criatividade. «Este é um espaço que, com o tempo, tem crescido, porque o seu reconhecimento vai aumentando a cada edição da Festa, trazendo cada vez mais espectadores e profissionais do mundo do cinema», sublinha Nuno Franco, um dos responsáveis pelo CineAvante!. Marta Alves e Sérgio Dias completam a equipa.

No 40.º aniversário da Revolução de Abril, o CineAvante! vai destacar um dos mais importantes acontecimentos da história de Portugal. «Esta data será assinalada com filmes e documentários produzidos principalmente logo a seguir ao 25 de Abril de 1974», informou, ao órgão central do PCP, Nuno Franco, destacando dois: «As armas e o povo» e «A lei da terra», que «melhor retratam o período revolucionário».

De grande importância são também, destacou, «A fuga», «Continuar a viver ou Os índios da meia-praia», «Até amanhã, camaradas», «48», «25 de Abril, uma aventura para a democracia», «Plataformas e seguranças», «Acto de matar», «Terra de ninguém», «As desventuras do Drácula Von Barreto nas Terras da Reforma Agrária», «Paredes pintadas da revolução portuguesa», «Avante! com a Festa» e «Caçadores de sonhos».

Este espaço ficará ainda marcado pela exibição de diversas animações trazidas a Portugal pela mão de Vasco Granja, assinalando os 40 anos do início das emissões de «Cinema de Animação», na RTP. «Vasco Granja, para além de militante do PCP e um activo antifascista, tendo sido preso e condenado, foi um divulgador da banda desenhada e do cinema de animação em Portugal. Por isso esta homenagem a um homem que nos traz grandes recordações», afirmou Nuno Franco.

O CineAvante! traz também ao público da Festa do Avante! uma ampla selecção das melhores e mais significativas curtas metragens nacionais e estrangeiras que passaram pela Shortcutz Lisboa. «Rhoma Acans», «Som do silêncio», «O cágado», «Dias por el Cuelo», «Dona fúnfia» e «Ninja gold miners» são motivos mais do que suficientes para uma tarde de sábado bem passada na Festa do Avante!.

Produções da Célula de Cinema do PCP - Agradáveis surpresas

Este ano o CineAvante! dá ainda a conhecer duas produções da Célula de Cinema do PCP: «As desventuras do Drácula Von Barreto nas Terras da Reforma Agrária» e «Paredes pintadas da Revolução Portuguesa». O primeiro, produzido em 1977, com uma duração de sete minutos, foi filmado durante a primeira Festa do Avante! e retrata, de um modo cómico, o ataque dirigido pelo então ministro António Barreto à Reforma Agrária.

Por seu lado, «As paredes pintadas da revolução portuguesa», de 1976, mostra como as paredes e os muros da cidade de Lisboa, no seguimento da Revolução de Abril se tornaram meios para celebrar e transmitir os ideias e as palavras de ordem revolucionários. O texto do pintor António Domingues exalta esta obra iniciada pela Célula dos Artistas Plásticos do PCP.

Promover e divulgar talentos - Curtas dão nas vistas

Desde 2011 a participar no CineAvante!, o Shortcutz Lisboa, movimento internacional de curtas-metragens, traz novamente à Festa do Avante! alguns dos melhores filmes que passaram este ano pelo Bar Bicaense. Este movimento integra o Labz, projecto da Subfilmes Creative Network, uma plataforma internacional e multidisciplinar de promoção e divulgação de talentos na área da cultura urbana.

Notícia jornal «Avante!», Nº 2123 de 7 de Agosto de 2014

Festa do Avante!

Quinta da Atalaia, Av Baía do Seixal

2845-415 Amora-Seixal

E-mail: geral@festadoavante.pcp.pt

Tel: 212224000 | Fax: 212272516