Música

Peste & Sida

Depois de “Cai no Real” (2007) os Peste & Sida voltam às edições com “Não Há Crise”, uma edição Raging Planet. O novo disco com edição marcada para dia 2 de Maio é composto por 10 temas onde vive forte o espírito de perseverança, a atitude honesta e arrojada, a crítica mordaz e o apelo de sempre à folia e à alegria. Uma receita a que os Peste & Sida já nos habituaram há muito tempo. Gravado nos estúdios “Aqui há Gato” o disco foi co-produzido pela banda e por Emanuel Ramalho, que já colaborou com a banda nos discos “Portem-se bem” e “Eles andam aí”.

O novo disco conta com a participação de Gui (safoxone) no tema Já Foste. Ao vivo a banda conta com a presença do músico convidado Ricardo Barriga (guitarra). “Já Foste” é o primeiro single do álbum e cartão-de-visita para esta nova etapa, no ano em que a banda celebra 25 anos de carreira. A celebração da data dará também lugar à edição de um livro comemorativo, com depoimentos de várias personalidades que de algum modo estiveram ligadas à banda, bem como o lançamento de um disco-tributo por parte de bandas nacionais com sonoridades díspares.

Diz quem os conhece bem que os Peste & Sida nunca hão-de mudar. Assim sendo a festa está garantida em vários palcos do país, numa tour que passa pelo Porto e em Lisboa para os concertos oficiais de apresentação do novo disco. A saber: dia 21 de Abril no Armazém do Chá (Porto) e dia 7 de Maio no Santiago Alquimista (Lisboa). Uma legião de fãs espera há já algum tempo, porém também a banda está ansiosa e satisfeita por finalmente fazer ouvir as novas faixas. Naturalmente clássicos como “Sol Da Caparica”, “Paulinha” ou “Bule Bule” não ficaram fora do alinhamento, para que todos possam entoar em coro aqueles que são verdadeiros hinos dos Peste & Sida.

Os Peste & Sida são: João San Payo (voz e baixo), João Alves (voz e guitarra) e Sandro Dosha (voz e bateria).

Peste & Sida
9, Domingo

Navegação