Construir a Festa que é de todos e para todos

Faltam apenas 15 dias para o início da Festa do Avante!, momento alto na luta de resistência à política de direita, que continua a afirmar-se como um acontecimento maior na vida política, social, cultural e desportiva do País.

Entretanto muito já foi feito – em centenas de milhares de horas de trabalho voluntário de comunistas, simpatizantes e amigos da Festa –, mas muito ainda há para fazer. Depois de se ter projectado os diversos espaços, levantado as estruturas, pregado as madeiras, feito as canalizações, entre uma panóplia de outras tarefas, é agora tempo de pintar os espaços, de electrificar os pavilhões, de lavar as loiças e utensílios das cozinhas, de carregar as mesas e cadeiras que acompanham os espaços, de limpar o entulho das obras entretanto terminadas, de ultimar as decorações, de colocar toldos. Tudo isto num ambiente de grande fraternidade e camaradagem, onde há espaço para todos os que acreditam numa sociedade livre da exploração e da opressão.

Notícia jornal «Avante!», Nº 2021 de 23 de Agosto 2012

Artigos Relacionados

Navegação